11 de jul de 2009

Com o Jeremias sorrindo pra mim, escrevo:

Gosto de noites chuvosas.
Dessas com muitos trovões.
Imagino a chuva lá fora, gelada, intensa...
O cheiro úmido e fresco me agrada.
A iminência de ficar sem luz me desagrada... mas é tão raro ultimamente que me dá um certo sabor de infância os pequenos apagões em noites chuvosas.

Algo me diz que essa chuva irá perdurar por todo o sábado...
Como estarão os lindos enfeites de papel de seda da Liberdade para a festa das estrelas?
O que será da festa se a chuva continuar?
Uma festa tão bonita não deveria ser desfeita pela chuva...
Essa mesma chuva que me é tão querida...



Assisti 3 filmes nesses últimos dias.
O Quinto Elemento, clássico de Luc Besson. Eu ri muito com Chris Tucker gritanto histérico... "Corben, meu homem!"... Huahuahua.
Também assisti A Outra e acho impressionante todo trabalho da Natalie Portman.
Não tem jeito... sou fã dela.
Encerrei a temporada em grande estilo com o clássico dos clássicos mais classudos do cinema: E o Vento Levou... e confesso que nos anos 80 me impressionava mais. Foi brochante.
Todos aqueles "Oh!" e "Ah!" com falsetes... pior que teatro amador...
:P
Já tinha assistido todos esses filmes.
No fim, não assisti o filme que queria ver: Léon, O Profissional.
I'm a looser.
:P



Estou um tanto sem saber o que fazer.
Estou confusa.
Castrezana perguntou por mim...
Perguntou se eu queria ir à Guararema no feriado...
Preferi ficar em casa.
Melhor eu ficar em casa...
Mesmo confusa...

Nenhum comentário: