25 de dez de 2006

Bairro da Liberdade



São Paulo - SP - Brasil

Um bairro oriental.


Foto: Fachada do Mc Donald's da Praça da Liberdade
Autor: Luciana Ueda

22 de dez de 2006

Welcome To My Life

Welcome To My Life
Simple Plan
Composição: Pierre Bouvier

Do you ever feel like breaking down?
Do you ever feel out of place?
Like somehow you just don’t belong
And no one understands you

Do you ever wanna run away?
Do you lock yourself in your room?
With the radio on turned up so loud
And no one hears you screaming

No you don’t know what it’s like
When nothing feels all right
You don’t know what it’s like to be like me

To be hurt
To feel lost
To be left out in the dark
To be kicked
When you’re down
To feel like you’ve been pushed around
To be on the edge of breaking down
When no one’s there to save you
No you don’t know what it’s like

Welcome to my life

Do you wanna be somebody else?
Are you sick of being so left out?
Are you desperate to find something more
Before your life is over?

Are you stuck inside a world you hate?
Are you sick of everyone around?
With the big fake smiles and stupid lies
But deep inside you bleeding

No you don’t know what it’s like
When nothing feels all right
You don’t know what it’s like to be like me

To be hurt
To feel lost
To be left out in the dark
To be kicked
When you’re down
To feel like you’ve been pushed around
To be on the edge of breaking down
And no one’s there to save you
No you don’t know what it’s like

Welcome to my life

No one ever lies straight to your face
And no one ever stabbed you in the back
You might think I’m happy
But I’m not gonna be okay

Everybody always gave you what you wanted
You never had to work it was always there
You don’t know what it’s like
What it’s like

To be hurt
To feel lost
To be left out in the dark
To be kicked
When you’re down
To feel like you’ve been pushed around
To be on the edge of breaking down
When no one’s there to save you
No you don’t know what it’s like

To be hurt
To feel lost
To be left out in the dark
To be kicked
When you’re down
To feel like you’ve been pushed around
To be on the edge of breaking down
When no one’s there to save you
No you don’t know what it’s like

Welcome to my life

Welcome to my life

Welcome to my life

19 de dez de 2006

vidas passadas...

Eu não sei como você se sente sobre isso mas você era homem na sua mais recente encarnação.
Você nasceu em algum lugar perto do território do(a) Leste da Australia aproximadamente em 775.
Sua profissão era cartográfo, professor de Astronomia, artrologo.
--------------------------------------------------------------------------------
Sua personalidade:
O tipo de pessoa tímida, calma, e quieta. Você tinha talentos criativos, e que esperaram até aquela vida para serem libertos.Algumas vezes o ambiente o considerou estranho, mas quem liga não é? Tolos mortais...
--------------------------------------------------------------------------------
Lição que você aprendeu:
Sua missão foi/é deixar o mundo mais bonito. Não jogue lixo no chão, principalmente cascas de bananas
--------------------------------------------------------------------------------

15 de dez de 2006

Pormeto num falá mas errádu...

Fim de ano...
Ano Novo
Vida Nova.

Neste mês a gente sempre começa a fazer as promessa do "no ano que vem..."

Tem coisa melhor do que pensar em idéias mirabolantes, sendo que mais da metade, talvez mais que 75%... tá bom... talvez 99% das idéias você nunca cumpra?

Tudo bem... Tudo bem...

Eu que já estou pensando em consumir os presentes do Rednuht caso ele não apareça até o Natal... (ih.. falei...)
Acho que ele não vai se importar caso eu consuma as balas Pez que encontrei... (ih... falei de novo... argh...)

Bom...
Promessas são promessas, e dívidas são dívidas.
Vamos às promessas:

- Passar na porcaria da Fuvest (e agora sem palhaçada, sem brincadeira, sem direito a dizer que foi por pouco, porque não deu... etc e tal)

- (Tentar) Ser mais organizada - afinal, bagunça, nem a bagunça gosta...

- Qual será a abstinência de 2007? Em 2006 foi o refrigerante, que ainda bem que o ano está terminando porque tá difícil viver sem Coca-Cola (isso vicia mermão!).

- Fazer o curso técnico em ADM... só pra ter carteirinha de estudante!!! AEHHH!!!

- Assim que resolver, ir pro Japan. "Muito dinheiro no bolso, saúde pra dar e vender..."

- Estudar muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito pra passar na FUVEST. Em História. Chega da palhaçada de Jornalismo. Me cansou prestar 4 vezes pra essa porcaria e nada. E o pior é que não vi nenhum jornalista conseguir alguma fama ou cargo de destaque porque se formou na USP. Melhor deixar pra lá... Se for pra fazer Jornalismo, depois eu pago uma facu com meu dinheiro.

- Comprar ao menos uma temporada de Arquivo X.

- Tirar carteira de motorista... (demorou)

- Não deixar mais cabelo no ralo do banheiro depois de me descabelar toda lavando essa peruca... Poh... meu cabelo é comprido... compriiiiido... nem dá pra dar desculpa que o cabelo não é meu...

- Ir ao show do Echo & the Bunnymen ou do Ian McCulloch. Certamente eles devem pisar no Brasil... e eu vou estar lá (ou melhor, aqui...)(mas se for no Japan, será que conseguirei ir???)

- Tentarei não cortar o cabelão. Mas vou aparar as pontas.

- Só??? - Depois escrevo mais sobre isso...

13 de dez de 2006

PROCURADO



PROCURADO: VIVO OU MORTO

O sujeito se identifica como Rafael Matsunaga, ou Rednuht.
Quem tiver qualquer informação sobre este sujeito, me informe.

Presentes?



O que você pediria se tivesse direito a um pedido de qualquer coisa por dia?

Pedido de hoje:

Uma lanterna daquelas que não precisa de pilhas.

21 de nov de 2006

Horoscopiando

Por Gregório Pereira de Queiroz

Hoje...
Um dia luminoso e de expansão para os pensamentos, os estudos e o aprimoramento dos valores e filosofia de vida. Um fervor positivo tende a orientar sua vida para o bem.

Na semana...
previsões para o trabalho
Sua mente se dirige para novas idéias e projetos profissionais. Você não quer mais a carreira como ela era antes. Um forte impulso para o futuro está presente.

Por Barbara Abramo

Dia de se conectar com o otimismo e a esperança, abrindo portas novas para si na profissão ao usar a ética, o rigor, mas também a misericórdia e a clareza. Ser radical numa escolha ética, moral ou espiritual, religiosa ou política não quer dizer que tenha mente estreita. Siga a luz que enxergar.

por Amanda Costa

Que bom que há pessoas lhe dizendo coisas, interferindo, removendo barreiras dentro de você... O que, elas entraram pela porta dos fundos, você não as convidou? Se soubesse que iriam mexer naquelas zonas remotas, você as convidaria? Então relaxe, curta o seu processo. Você pode saber muita coisa, mas ainda não sabe tudo sobre você.

Previsão para 22/11

O trânsito do Sol por Sagitário (até 21/12) coloca em foco as atividades profissionais e metas de vida. É um período de desafios no sentido de concluir projetos que você vem desenvolvendo há algum tempo, para então colher os resultados. Ponha energia no seu trabalho e na sua carreira, pois o que você faz tende a ser notado e, por merecimento, ser reconhecido.

Meu coração, não sei porquê, bate feliz, quando te vê...

Quer saber quem eu amo?
Ninguém.

Decepcionei-lhe?
Azar seu.

Se fosse pra salvar desse mundo alguém caso ele fosse explodir e somente eu tivesse a opção de me salvar com quem eu quisesse, salvaria:
-André Agrizi
-Rafael Matsunaga
-Bruno "Fox Mulder" Souza

Até porque mulher fala demais...

Eu odeio elogios.

Eu odeio elogios.
É assim. Simples.

Odeio porque todo elogio que ouço, sei que não é sincero.
Assim como chamo todo mundo de idiota, porque sei que todo mundo é idiota. Cada um de sua forma e intensidade. Quem não for que atire a primeira pedra.

Digo isso porque passei meus últimos anos ouvindo cada elogio, um mais furado que outro:

"Você é inteligente": quer dizer, estou com preguiça e você vai fazer o que quero para mim.

"Você é bonita": quero te comer.

"Você é carinhosa": não seja violenta comigo.

"Você é responsável": me ajuda que não tenho outro idiota pra assumir.

"Você é perfeccionista demais": não me enche que não estou com saco.

"Você pode me ajudar?": tá de bobeira aí, vagabunda, faz isso aqui.

E por aí vai...
As pessoas podem até achar que me convencem, mas não dá.
Sabe? Fica na cara das pessoas.
Vejo isso claramente.

Odeio gente incompetente.
Odeio gente que se propõe a fazer alguma coisa de que não é capaz.
Odeio gente que fica chorando da própria desgraça.
Odeio gente que espera sempre que alguém faça para ela o que ela quer.

Gosto de gente de atitude.
Gosto de gente que prova que é capaz.
Gosto de gente que vai à luta.
Gosto de gente que não tem medo de errar e procura aprender a acertar.
Gosto de gente que quer sempre crescer, ir em frente, melhorar.

E realmente odeio minha mãe.
Não é coisa de momento.
Odeio meu pai.
Odeio meu irmão.
Odeio minha irmã.
Não, não é coisa de momento.
Infelizmente, parente, a gente não escolhe, atura.

Minha família é uma briga constante.
E sei que o sentimento é recíproco.
Sou diferente.
Penso diferente.
Sou individualista.
Sou egoísta.
E não sou burro de carga de ninguém.

EU NÃO FAÇO FAVORES.

E ninguém (NINGUÉM, MESMO!!!)dá nada de graça para alguém.

Bem vindos ao mundo dos seres humanos.

17 de nov de 2006

Eu...

Eu sou eu
Sou eu
Sou meu
Sem ego
Só meu
Não é narcisismo. É egoísmo mesmo.

O Tempo Não Pára - Cazuza

Disparo contra o sol
Sou forte, sou por acaso
Minha metralhadora cheia de mágoas
Eu sou um cara
Cansado de correr
Na direção contrária
Sem pódio de chegada ou beijo de namorada
Eu sou mais um cara

Mas se você achar
Que eu tô derrotado
Saiba que ainda estão rolando os dados
Porque o tempo, o tempo não pára

Dias sim, dias não
Eu vou sobrevivendo sem um arranhão
Da caridade de quem me detesta

A tua piscina tá cheia de ratos
Tuas idéias não correspondem aos fatos
O tempo não pára

Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não pára
Não pára, não, não pára

Eu não tenho data pra comemorar
Às vezes os meus dias são de par em par
Procurando uma agulha num palheiro

Nas noites de frio é melhor nem nascer
Nas de calor, se escolhe: é matar ou morrer
E assim nos tornamos brasileiros

Te chamam de ladrão, de bicha, maconheiro
Transformam o país inteiro num puteiro
Pois assim se ganha mais dinheiro

A tua piscina tá cheia de ratos
Tuas idéias não correspondem aos fatos
O tempo não pára

Eu vejo o futuro repetir o passado
Eu vejo um museu de grandes novidades
O tempo não pára
Não pára, não, não pára

7 de nov de 2006

Cada coisa...

Bom... vivem me perguntando... afinal, do que vc gosta?
Sou sempre tão genérica pra responder tais perguntas...

taí:

Ator favorito:
- Ozzy Osbourne
- Al Pacino
- Jean Reno
- Chuck Norris
- Keanu Reeves
- David Duchovny
- Robin Williams
- Steve O.
- Hugh Jackman

Atriz favorita:
- Milla Jovovich
- Angelina Jolie
- Salma Hayek

Diretor/produtor favorito:
- Luc Besson
- Steven Spielberg
- Wachowski Brothers

Seriado favorito:
- Arquivo X
- Lost
- Taken

(continua...)

6 de nov de 2006

Amigos, inimigos e uma dor de cabeça

Reencontrar bons amigos, alguns inimigos e ter uma dor de cabeça não é a melhor saída de um fim de semana.
Que qualquer um sabe bem que eu acho todo mundo idiota, mas com suas devidas diferenças e considerações, até aí, tudo bem.
Mas aturar uma pessoa que é um pé no saco, que só fala merda, que quer aparecer simplesmente porque gosta de chamar atenção por carência afetiva, aí eu quero mesmo é ir de "voadoraaaaaa"...
Saí pra passear com Deza e Marcita e acabei com a maior dor de cabeça... devido ao ar condicionado do shopping...

Fora tudo isso, que tento explicar confusamente... (na verdade ainda estou com a tal dor de cabeça...)

Tenho feito monitorias na Cantareira.
Lendo muitos livros pra estudar pra Fuvest.
Dormindo muito. Capotando de cansaço.
Plantado uma árvore por dia no Clickarvore.com.br
Assistindo Taken na Band.
Resolvendo Sudoku pra passar o tempo.
Voltando a ouvir Pink Floyd.
Jogando Civilization quando consigo fugir do meu quarto (onde fico estudando...)
E checando os mails quase todo dia.

Só isso.
Quanto ao pessoal do Alternative, nada de concreto ainda.
Acredito que estão esperando que eu faça todo trabalho...
Que eu leve as pessoas, que eu consiga os grupos...
Só que não há nenhuma infra adminstrativa. Só há uma pessoa que quer receber o dinheiro às custas do trabalho de outros.
Pouca transparência nos negócios.
É uma furada.
Não sou vendedora. Não faço marketing.
Sou monitora ambiental.

Que saco.

24 de set de 2006

The Reason

The Reason
Hoobastank
Composição: Indisponível

I'm not a perfect person
There's many things I wish I didn't do
But I continue learning
I never meant to do those things to you
And so, I have to say before I go
That I just want you to know

I've found a reason for me
To change who I used to be
A reason to start over new
And the reason is you

I'm sorry that I hurt you
It's something I must live with everyday
And all the pain I put you through
I wish that I could take it all away
And be the one who catches all your tears
That's why I need you to hear

I've found a reason for me
To change who I used to be
A reason to start over new
And the reason is you
And the reason is you
And the reason is you
And the reason is you

I'm not a perfect person
I never meant to do those things to you
And so I have to say before I go
That I just want you to know

I've found a reason for me
To change who I used to be
A reason to start over new
And the reason is you

I've found a reason to show
A side of me you didn't know
A reason for all that I do
And the reason is you

18 de set de 2006

muito boa!


Canadense troca clipe de papel por casa




Canadense aceitou vencer o desafio

Um canadense que se propôs a usar a Internet para trocar um clipe de papel por uma casa disse que conseguiu vencer o desafio. Kyle MacDonald, 26 anos, fez ao todo 16 trocas pela Internet ao longo de um ano e diz estar prestes a se mudar para a nova casa.
Uma maçaneta de porta alternativa, um fogareiro de acampamento, um pequeno barril de cerveja e uma tarde com o astro do rock Alice Cooper foram algumas das conversões feitas por MacDonald no processo. MacDonald é hoje o proprietário de uma casa na cidadezinha de Kipling, na província de Saskatchewan, que ele ainda não viu.

A casa é uma prova do poder da Internet e da determinação pessoal de Kyle MacDonald. O rapaz sempre disse estar certo de que seria capaz de trocar o clipe de papel vermelho por uma casa própria. Agora conseguiu.
Passo a Passo
O clipe de papel foi trocado por uma caneta com forma de peixe. A caneta foi trocada por uma maçaneta de porta com desenho especial, a maçaneta por um fogareiro de acampamento e o fogareiro por um gerador. Em seguida, o gerador se transformou em um pequeno barril de cerveja acoplado a um anúncio de neon.
Demonstrando bom senso de marketing, MacDonald apelidou o barril de "kit de festa instantânea". O kit foi trocado por um um carro adaptado para viajar sobre o gelo. Este foi trocado por férias na província de British Columbia, no noroeste do Canadá.
As férias foram convertidas em uma caminhonete, que por sua vez virou um contrato para gravar um disco. O contrato foi trocado por um ano de moradia sem pagamento de aluguel em uma casa em Phoenix, no Estado do Arizona, nos Estados Unidos.
O desafio poderia ter terminado aqui, mas MacDonald estava determinado a ir até o fim. A oferta de moradia gratuita por um ano foi trocada por uma tarde com o roqueiro Alice Cooper. A tarde com o roqueiro foi - em uma transação um tanto quanto surpreendente - convertida em um globo de neve.
O ator americano Corbin Bernsen, colecionador ávido desse tipo de brinquedo, decidiu que tinha de ser dono do globo de neve e ofereceu em troca um papel, com remuneração, no seu novo filme.
Os moradores de Kipling, cidade com 1.140 habitantes na província de Saskatchewan, no Canadá, decidiram que gostariam que alguém da comunidade conseguisse o papel. Eles ofereceram em troca - sim! - uma casa na cidade. MacDonald disse que ficou boquiaberto com a notícia e está se preparando para se mudar para a cidade, que ele nunca visitou.
BBC Brasil

14 de set de 2006

em vista

novo trampo em vista.
não espere que eu fique eternamente por aqui...

não vou mofar em um trampo que não me satisfaz.
Vou à luta.

de resto, tudo na mesma.

15 de jul de 2006

Semre a mesma coisa. O ciclo se reinicia.

Muitos postais para organizar.
Muitos postais para trocar.
Um evento para organizar.
O tempo parece não passar enquanto estou trabalhando, e o contrário, quando estou em casa, o tempo voa.
A rotina faz com que os dias fiquem sem graça. Cinzentos...
Vamos em frente.
Amanhã é um outro dia. Morguenfrüh.

27 de jun de 2006

Jere's Music

Jeremiah was a bull frog
Was a good friend of mine
I never understood a single word he said
But I helped him a-drink his wine
And he always had some mighty fine wine

Singing
Joy to the world
All the boys and girls, now
Joy to the fishes in the deep blue sea
Joy to you and me

If I were the King of the world
Tell you what I'd do
I'd throw away the cars and the bars and the wars
And make sweet love to you

Sing it now
Joy to the world
All the boys and girls
Joy to the fishes in the deep blue sea
Joy to you and me

You know I love the ladies
Love to have my fun
I'm a high night flier and a rainbow rider
And a straight-shooting son of a gun
I said a straight-shooting son of a gun

Joy to the world
All the boys and girls
Joy to the fishes in the deep blue sea
Joy to you and me

28 de mai de 2006

Fazendo...

Minha vida anda uma tortura.
Trabalhar de segunda à sábado e ver o dinheiro sumir num piscar de olhos é uma coisa enfadonha, chata e massacrante.
Quem nunca passou por isto?

Ando entediada com o trabalho, que só têm me dado dor de cabeça em resolver o problema dos outros...
Uma hora é a professora do curso com sua voz irritante...
Outra hora é a cliente cleptomaníaca...
Outra hora é cliente que deve e sai pela porta como se nada devesse...
E fornecedor que manda nota sem descrever produto então???

Na minha testa agora está escrito "adivinha"???
"Vidente"???

Ando de péssimo humor mesmo...
Poderia ter passado o meu dia comendo algumas porcarias e jogando conversa fora com o povo do trabalho, mas minha paciência já anda esgotada com isso.
Minha vida não se resume ao trabalho e mais nada.
Ando trabalhando, volto pra casa, banho, cozinha, cama, acorda e vai pro trabalho de novo...
Rotina.

Preciso ir ao teatro.
Preciso ir ao cinema.
Preciso passear no shopping, mesmo que não vá comprar nada.
Preciso ir às livrarias.
Preciso ir às docerias.
Preciso conhecer pessoas que não sejam do meu trabalho.
Preciso....

Tento manter minha coleção de Postais.
Já não tento mais achar as coisas no meu quarto.
Tento continuar a ler livros.
Tento acompanhar as notícias dos jornais...

O Emílio, sumiu, e quando apareceu, não tive tempo de falar com ele...
Maldito trabalho.

Não vou mais ficar tentando encontrar príncipes encantados, homem ideal, mocinho ou bandido, companheiro e afins...
O que a vida quiser, será assim.
O resto, dane-se.

Vou ao Salão do Turismo.
Vou ao Salão São Paulo de Turismo.
Vou ao Maratona Scully (e se dane o resto).
Vou sair pra pegar postais publicitários por aí pela cidade.
Vou continuar a viver...
Vou aos shows que eu quiser, pagando, pra não ficar enchendo site nenhum com matérias oportunistas...

Tou p* da vida com um monte de coisas.
Irada com minha mãe que não faz trabalho nenhum da faculdade e fica me enchendo o saco.

Lido:
- Serial Killer - Ilana Casoy - Vale pelo depoimento de Chico Picadinho, o resto, é tudo louco.
- Anjos e Demônios - Dan Brown - Melhor que O Código Da Vinci!!!


Ouvindo:
- Alpha FM - infelizmente todos os dias, das 9h às 18h.

Fazendo:
- Surtando.

16 de mai de 2006

horoscopiando

Uma das maiores alegrias de um pisciano é ter aqueles que ama ao seu redor. Mesmo que uns & outros não entendam como funcionam as suas marés, não dá pra negar que você é superamoroso e que valoriza os momentos com seus afetos. Tem gente só esperando um pequeno gesto seu pra se aproximar... Seu magnetismo pessoal é forte, mas precisa ser exercitado.

8 de mai de 2006

Me sinto só...

Me sinto só,
Mas quem aqui nunca se sentiu assim
Procurando um caminho pra seguir,
Uma direção - respostas
Um minuto para o fim do mundo,
Toda sua vida em 60 segundos
Uma volta no ponteiro do relógio pra viver

O tempo corre contra mim, sempre foi assim e sempre vai ser
Vivendo apenas pra vencer a falta que me faz você
De olhos fechados eu tento esconder a dor agora
Por favor entenda, eu preciso ir embora porque

Quando estou com você
Sinto meu mundo acabar,
Perco o chão sob os meus pés
Me falta o ar pra respirar
E só de pensar em te perder por um segundo,
Eu sei que isso é o fim do mundo

Volto o relógio para trás tentando adiar o fim,
tentando esconder o medo de te perder quando me sinto assim
De olhos fechados eu tento enganar meu coração
Fugir pra outro lugar em uma outra direção porque

Quando estou com você
Sinto meu mundo acabar,
Perco o chão sob os meus pés
Me falta o ar pra respirar
E só de pensar em te perder por um segundo,
Eu sei que isso é o fim do mundo

Quando estou com você
Sinto meu mundo acabar,
Perco o chão sob os meus pés
Me falta o ar pra respirar
E só de pensar em te perder por um segundo,
Eu sei que isso é o fim do mundo
Eu sei que isso é o fim do mundo

Me sinto só...

Eu sinto sua falta
Não posso esperar tanto tempo assim
O nosso amor é novo
É o velho amor ainda e sempre

Não diga que não vem me ver
de noite eu quero descansar
Ir ao cinema com você
Um filme à toa no Pathé

Que culpa a gente tem de ser feliz
Que culpa a gente tem, meu bem
O mundo bem diante do nariz
Feliz aqui e não além

Me sinto só, me sinto só, me sinto tão seu
me sinto tão, me sinto só e sou teu

Eu faço tanta coisa
Pensando no momento de te ver
A minha casa sem você é triste
E a espera arde sem me aquecer

Não diga que você não volta
Eu não vou conseguir dormir
À noite eu quero descansar
Sair à toa por aí

Me sinto só, me sinto só, me sinto tão seu
me sinto tão, me sinto só e sou teu

Eu sinto sua falta
Não posso esperar tanto tempo assim
O nosso amor é novo
É o velho amor ainda e sempre

Que culpa a gente tem de ser feliz
Eu digo eles ou nós dois
O mundo bem diante do nariz
Feliz agora e não depois

Me sinto só, me sinto só, me sinto tão seu
me sinto tão, me sinto só e sou teu

25 de abr de 2006

Horoscopiando!

Piscianos são pós-graduados em lidar com a loucura dos outros...

Previsão para 28/04
Do jeito que você é, já deve estar sonhando há dias com algo especial para este fim de semana… Pois saiba que as estrelas estão brilhando a seu favor. Sacuda as escamas. Dê adeus à letargia e embarque num novo ritmo de dança. E se alguém comentar o seu novo estilo? Ué, e daí?! O que importa é se sentir feliz. Dance, pisciano, dance!

Um pouco cansada, mas tentando me encontrar viva

Quarta, cinema.
Sábado, show.
Domingo, organização de evento.

Semaninha boa.

Só queria saber que dia será "Emílio"...

Com saudades do meu bonitão, com vontade de ver as "janelinhas" de Alice...
... e feliz.


=^.^=

17 de abr de 2006

Depressão

Hoje estou com um pé na depressão.
Bom seria se fosse chutando...
Mas a coisa tá maus pro meu lado...

Sentindo-me sozinha.
Sentindo-me inútil.
Sentindo-me idiota.

Tem dias que a gente sequer deveria acordar...

16 de abr de 2006

Coisas que me fazem sentir viva (ou me dão alguma razão para viver)

- Amar!
- Ler um livro (bom)
- Ouvir um bom disco novo
- Ler o jornal do dia
- Ir à um show de rock
- Acordar sem sono
- Respirar ar puro (sempre que possível)
- Fotografar
- Ir à uma boa exposição de arte
- Comer um bom macarrão
- Sorrir (já que são raros os momentos que sorrio)
- Identificar estrelas no céu (pena que até agora aprendi os nomes de poucas)

Adiando:
- Projeto pra entregar 3ªfeira na aula.

Fazendo:
- Aprendendo a jogar pôquer.
- Montando um blog com notícias de Arqueologia e Paleontologia.
- Alimentando Stuart Little, uma pequena aranha papa-moscas.
- Comendo muito chocolate (ai! minhas espinhas...)
- Sonhando acordada com o Emílio...

Ouvindo:
- Kiss FM

Fui!:
- Ver a exposição "O olhar modernista de JK" - belíssima expo na FAAP.

Comunicado:
- Estou fora da equipe do site Mundorock.net - já que a proprietária surtou e não quer mais me ver por puro C* doce. Ela que vá procurar alguém que escreva sobre o Ira! e o Echo and the Bunnymen em outro lugar... (Ueda em fase de crescimento - "Quero me expandir... Me multiplicar... Quero me espalhar... Como a areia se espalha pelo mar...").

Em dúvida:
- No fim deste ano eu presto pra Fuvest (novamente). Devo cursar:
- Geografia - e estudar Paleontologia?
- Biologia - e estudar Paleontologia?
- História - e estudar Arqueologia?
- Jornalismo - e ficar falando de Arqueologia e Paleontologia?
- Nenhuma das anteriores, porque o que quero mesmo é não estudar nada assim difícil (quem mandou falar pra professora do 3º Pré que gostaria de ser arqueóloga??? - há uns 20 anos atrás...)

11 de abr de 2006

Só um dia difícil...

No trabalho, muita coisa pra fazer.
Na escola, muita coisa pra fazer.
Em casa, muita coisa pra fazer.
No site de rock, muita coisa pra fazer.
No extra de origami, muita coisa pra fazer.
No grupo de colecionadores de postais, muita coisa pra fazer.
No Parque Estadual da Cantareira, muita coisa pra fazer.

Na minha vida, muita coisa pra fazer.
Na minha cama, muita, muita coisa mesmo pra fazer.
:)

Só uma dor de cabeça.
Só uma dose de Anador.
Nenhuma vontade de desenvolver projeto expográfico.
Louca pra acabar logo o projeto expográfico.
Louca pra acabar logo com os incompetentes com os quais tenho que desenvolver a porcaria do projeto expográfico.
Enfim, louca, e com muitas coisas pra fazer na minha cama.

Uma delas é sonhar com o Emílio.
As outras, o Emílio traz no sonho...
Boa noite, e durma com os anjos.

Ao Cezinha, ETESP - Turismo, grande abraço.
Ao Helinho, Global One, grande abraço e beijo na bunda, um de cada lado.
Saudades dos loucos amigos...

10 de abr de 2006

Dinos na Oca!!!

Domingo estranho é isso aí: Ir à Liberdade comer guiozas com a Andreza... no sábado.

No Domingo de verdade, fui ao Ibirapuera ver a exposição Dinos na Oca, que para minha tristeza, de original, tinha pouca coisa. Muitas réplicas. Um montão de plástico... Ainda bem que tinha alguma coisa que se salvava... E algumas peças originais não estavam identificadas como originais... A melhor parte da expo foi ficar uma hora dentro de uma barraca fedorenta assistindo um filme sem som. Mas que mostrava a expedição de Paul Sereno do início ao fim. Mostraram duas escavações no deserto do Saara. Belo filme. Pena que fiquei de pé... Sozinha na barraquinha isolada da expo. Uma tv de tela plana só pra mim!!!
Tudo bem.
Sou fã de Paul Sereno.

Mais de 30 postais novos para minha coleção...
E também para enviar para um monte de gente...

Mas voltando à sexta...
(Eu sabia que ia escrever alguma coisa...)
(Eu sei que você vai vir correndo aqui, pra ler o que tenho a dizer sobre este dia, Emílio...)

Sexta foi um dia especial, afinal, não é sempre que encontro o Emílio.
Fora o sono e as batatas fritas, tudo bem.
Tá certo que o Emílio ficou surtando dentro da loja de CDs... Só faltava tirar uma lista dos "100 CDs que quero comprar" do bolso...
(agora já sei, em shopping, não vou mais!)
Vamos ver como será dia 21/04...
Queria estar lhe abraçando agora. E agora. E agora. E agora...

Começo a sentir saudades a partir do primeiro segundo que deixo de tê-lo ao meu lado.

Alguma coisa que gostaria de falar e não falei?
Minha colega de trabalho perguntou se você tem irmãos, primos... hehehe.


Lido:
- o que é museu? - muito bom, melhor se tivesse chegado a alguma conclusão...

Tentando ler (afinal, tem tanta apostila do curso pra ler...):
-the phisician - Noah Gordon - em inglês, porque odeio a versão em português do título.

Ouvindo:
- KissFM - porque ouvir Alpha FM todo santo dia já está me deixando neurótica e com vontade de matar James Blunt... Ah, e a Ana Carolina também.

Curtindo:
- Speedy - que ficou de graça no mês passado e este mês continua, porque o SpeedyZone tá fora do ar e não têm nenhum controle sobre o consumo de internet dos assinantes...

Amando:
- Emílio. Tudo de bom.

:)

27 de mar de 2006

Mais um domingo estranho...

Tá certo que o que vou dizer não se refere ao meu domingo, e sim, ao sábado...
Depois explico melhor...

O dia começa estranho: sonhei que analisava uma pizza de mussarela com bastante molho de tomate.(????)

Chego atrazada no trabalho (10h02), mas a Marli diz: 9h58 (!!!!)

Liguei para o Emílio.
Porque sempre tem aquela hora que a gente não sabe o que dizer???
Talvez, se fosse pessoalmente, fosse a hora do beijo... Mas um celular não ajuda muito...

Liguei para Wanda.
Até que enfim saiu o certificado da palestra de Arqueologia!
Só falta saber se o meu ainda existe...
Tenho que ir lá na Cantareira retirar...

Fui à Liberdade com a Andreza.
Comemos guioza na feirinha (e a Deza acabou com as dívidas em passes de metrô que ela me devia, me pagando em guiozas...)
Fiquei explicando para um turista o que seria um guioza. Ele ficou interessado em comer.
Depois de comidos os guiozas (foram 2 para cada), passou um cara (que vende poesias) falando "maravilhosa" umas 6, 7 vezes para a Deza. Achei que fosse um gay extrovertido, mas a Deza me explicou: -Se fosse um gay, ele diria "ma-ra-vi-lho-sa!"... Ficamos rindo... E o cara voltou e disse: -O importante é que as deixo felizes!... e eu, pra sacanear, fiquei séria na hora.
A Deza resolve entregar sua latinha para um velhinho que estava revirando os lixos atrás de latinhas para reciclar(lembramos da Scully, que não pode ver um velhinho que fica toda assanhada... huahuahua).
Ficamos comendo nossos doces, e não é que passa o turista, que diz: -Realmente é delicioso! Comi três!!! (era o cara dos guiozas!)
Antes de decidirmos ir embora, passa um cara estranho, que praticamente me desidratou de tanto me secar... vai entender... Cara estranho...

Recebi um moooonte de postais com felicitações de meu aniversário!!!
Adorei!

Lendo:
- The Physician, de Noah Gordon - porque não suportei ver nas livrarias a versão em português que traduziu o título para "O Físico"... ECA!!!!

Ouvindo:
- You're Beautiful, do James Blunt - na rádio, no trabalho... porque esta música não pára de tocar??? Já irritou...
- Pantera - para reabastecer as pilhas...

Fazendo:
- trabalhando na Pintar!
- estudando Museologia na ETESP.
- tentando dormir algumas horas do dia.
- pensando no Emílio.
- torcendo para não chover de novo senão me atrazo para chegar na aula...
- tentando identificar qualquer um da minha sala, já que não consigo associar o nome à pessoa...
- chutando o balde por causa da neurose da Marli (quem manda é ela, fazer o quê?)
- sorrindo nos intervalos comerciais do dia, afinal, estou em estado de levitação... totalmente "in love"...

Quanto ao título da mensagem...
É porque no último sábado que fui comer guiozas com a Andreza na Liberdade, coisa de umas 2 semanas atrás, falei pra ela: -Hoje está um domingo estranho, não? e ela me respondeu: -Talvez porque hoje seja sábado... (putz!).

19 de mar de 2006

Ganho pouco mas me divirto...

Parece ironia... Quando mais se quer estar perto de alguém... menos tempo se tem para tal...
O que fazer se tudo o que posso fazer no momento é ficar olhando para fotos???

Fui à Bienal do Livro e aproveitei para comprar novos livros de Arquivo X.
Nada de novo. Nada fenomenal. Nada de barato além dos velhos livros de Arquivo X.

Passei duas madrugadas (incluindo esta, já que são 2h da madrugas...) reinstalando todo o meu computador, já que meu fofo irmão (poderia chamá-lo de idiota?) acessou sites indevidos e meu microso aqui ficou zicado. Não acessava nenhum site a não ser um pornográfico site russo...(SACO!)

No momento estou fazendo os últimos updates...

Em breve, volto a falar no MSN do meu computador...

Ando dormindo 3h diárias, ficando com um sono do cão... (exceto nas últimas madrugadas, que não dormi...)

Meu curso de Museologia é legal, exceto pelas professoras profissionais do ramo que têm um pré-conceito péssimo contra guias de Turismo.
Difícil é elas compreenderem que 1/3 da sala são concomitantemente à este curso também alunos de Turismo... (e eu, única formada na área...)
Estas professoras me olham como se eu fosse um ET.
Parece que nunca viram que um ser da espécie humana, que não trabalha no setor, além de ser tão bem informada, sabe de cor e salteado todos os problemas dos museus paulistas, assim como conhece a grande maioria deles.
Não é porque sou "do Turismo" que não sei ver o lado deles.
Não é porque sou "do Turismo" que só me preocupo com o dinheiro dos turistas...
Sim, me preocupo em que lugar eu levo os turistas. Quero passar uma boa imagem da minha cidade e acho super importante que eles conheçam lugares bons, bonitos, e quase sempre, baratos.

Museu não é coisa de velho.
Museu não funciona só em prédios velhos.
Museu não é velharia exposta.

Museu é cultura.
Museu é o registro do tempo que não volta atrás.
Museu é um espaço maravilhoso para se relaxar, aprender, conhecer, admirar e estabelecer uma relação com as obras.

Acredito que muitos "velhos" profissionais dos museus devem refazer seus conceitos para com os profissionais do Turismo.
Enquanto o Turismo cresce tentando mostrar tudo que há de bom no país, os Museólogos estão querendo privar o mundo de nossa cultura.

Quanta ignorância!!!

Lendo:
(nada) falta tempo, e não livros para ler...

Ouvindo:
Echo and the Bunnymen, Robbie Williams, Pantera.
Só assim sobrevivo ao caos.

Fazendo:
Trabalhando, estudando, cuidando do meu computador, gritando com o bêbado do meu irmão que sai pra balada e não sabe o limite alcoólico..., desenhando em pedaços de papel com lápis de cor, tentando manter as correspondências em dia, tentando manter a coleção de postais com alguma ordem lógica, cuidando para não enlouquecer e tentando dormir ao menos 1h diária.

Sonhando:
Com o Emílio...
Com o prêmio da Mega Sena que não jogo...
Com o quê poderia fazer com os dois juntos...

Planejando:
Como ser superpoderosa.
Como salvar o mundo.
Como ser imortal.

Quem sabe, até o próximo 'post' eu volto com alguma novidade mais "concreta" das idealizações e das vontades...
Grande beijo.

13 de mar de 2006

Feliz Aniversário

Feliz Aniversário!!!
Lembraram de me mandar um parabéns:

Allan Puppo (Tur - PQM)
Amanda (PQM)
Ana Elisa (postais)
Anne (Pé na Estrada)
Arthur (Baby - CAC)
Artur (Portugal)
Batera (.com.br)
Bruno (um cineasta maravilhoso???)
Bumeran (.com.br)
Carla (fotógrafa)
Cezinha (Tur – e grande amigo!)
Deza (primeira a me ligar... às 7h e tantas da noite)
Dionísio (CAC)
Eliane Brandão (postais)
Emílio (segundo a me ligar... 10h e tantas da noite, para eu ter um felicíssimo aniversário)
Erika (Tur)
Etur (.com.br)
Fábio Senna (Limite Vertical)
Flávio Hopp (fotógrafo)
Ivone (amiga da minha mãe e colecionadora de postais)
João Paulo (postais)
Juliana (banda Ogham)
Karen (Tur)
Karen Kawai (super mãe do Gustavo e "sobrinha" minha)( a "tia" tá ficando véia...)
Letícia Ueda (prima?)
Machado (Cantareira)
Maria Inês (Tur)
Mauro (primo!)
Mercado Livre (.com.br)
Mônica (Tur - PQM)
Nivia (postais)
Paula Bossi (Tur)
Paula Pesaresi (postais)
Paulo (Global One)
Rafael (fotógrafo)
Renata (PQM)
Ricardo Schott (jornalista)
Ronald (um mala)
Rosa (AEFC)
Sabrina (postais)
Submarino (.com.br)
Ticketmaster (.com.br)
Vagas (.com.br)
Velta (Cantareira - porque a culpa é sempre dela...)
William (fotografia)
Yahoo (birthday reminder)



O que se falar no dia do próprio aniversário?
Que estou feliz?

Ganhei muitos postais dos correspondentes.
Maravilhosos!!!
Alguns repetidos, mas o que vale é a intenção...
Ainda não enviei aos aniversariantes deste mês... (ih... como sempre, sempre mando...atrazado. Mas mando.)

Adorei a DD's ter ligado bem na hora que estava na Paulista com minha mãe.
E ter esquecido que amanhã a gente se vê (afinal, a gente trabalha no mesmo lugar, mais exatamente, na mesma sala...).

Adorei o Emílio ter me ligado (cantando "Parabéns pra você" versão Emílio...).
E me fazendo rir... e sorrir...
Quando desliguei o celular, fiquei pensando se devia ter dito mais alguma coisa...
Talvez um "Te amo, amore. Tou morrendo de saudades". Mas não falei...
Que burra sou eu!!!

Mudei as informações no Orkut... (tinha que atualizar algum dia, não?)

Mais um dia que se acaba e não consigo fazer tudo o que quero...
Ainda acho que um dia deveria ter mais de 24h.
Talvez umas 30h...
De qualquer modo, o que faltou para ser feito hoje, só poderá ser feito 4º feira, quando volto pra casa mais cedo, pois não tenho aula à noite nesta semana.

Grande abraço a todos que me felicitaram nesta data especial.
Grande beijo no amore mio, Emílio, que consegue me fazer sorrir por mais de uma hora, mesmo falando alguns minutos comigo...
Que todos recebam em dobro o que desejaram para mim!

26 de fev de 2006

Onde estão as estrelas esta noite?

Feel
Robbie Williams
Composição: R Williams/g Chambers

Come and hold my hand
I wanna contact the living
Not sure I understand
This role I've been given

I sit and talk to God
And he just laughs at my plans
My head speaks a language
I don't understand

I just want to feel real love
Fill the home that I live in
'Cause I got too much life
Running through my veins
Going to waste

I don't want to die
But I ain't keep on living either
Before I fall in love
I'm preparing to leave her
I scare myself to death
That's why I keep on running
Before I've arrived
I can see myself coming

I just want to feel real love
Fill the home that I live in
'Cause I got too much life
Running through my veins
Going to waste
And I need to feel real love
And a life ever after
I cannot give it up

I just want to feel real love
Fill the home that I live in
I got too much love
Running through my veins
To go to waste

I just wanna feel real love
In a life ever after
There's a hole in my soul
You can see it in my face
It's a real big place

Come and hold my hand
I want to contact the living
Not sure I understand
This role I've been given
Not sure I understand
Not sure I understand
Not sure I understand
Not sure I understand

Acredite se quiser.

Astrologia - Mapa Astral Grátis para os nascidos no Brasil.
- Este é um Mapa Astrológico Interpretado por computador e não possui a pretensão de ser conclusivo.
- Os cálculos apresentados são exatos para os dados informados.
- Não estão interpretados os Planetas nas Casas nem o Ascendente e o Meio do Céu.
- Apenas um bom Astrólogo numa consulta pessoal pode fornecer indicações completas.


Equipe do cigano.net


- Mapa Astral para Luba
- Nascido em São Paulo às 00:10 do dia 12/03/1981
- Longitude: 46W35 Latitude: 23S33 Fuso: 3
- Não foi informado Horário de Verão
- Verifique se seus dados estão corretos antes de ler seu Mapa Astral Interpretado
Planeta Longitude Em que signo?





Sol
21 PEI 28

Peixes

Lua
09 GEM 10

Gêmeos

Mercurio
24 AQU 13

Aquario

Venus
14 PEI 50

Peixes

Marte
26 PEI 08

Peixes

Jupiter
07 LIB 16

Libra

Saturno
07 LIB 34

Libra

Urano
00 SAG 05

Sagitário

Netuno
24 SAG 49

Sagitário

Plutao
23 LIB 48

Libra

Quiron
14 TAU 45

Touro

Nodo Lunar
09 LEO 60

Leão

Ascendente
01 CAP 22

Capricórnio

Meio Ceu
19 VIR 46

Virgem

Vertex
12 TAU 53

Touro


Veja seu Mapa Astral Interpretado em 10 Capítulos

Capítulo 1 - DESCRIÇÃO GERAL

Por temperamento você é pessoa ativa, curiosa, esperta, engraçada, mas irresoluta. Prefere racionalizar suas emoções do que deixar envolver-se emocionalmente, mas adora comunicar-se com os outros. Gosta de mudar e de viajar.


Capítulo 2 - TEMPERAMENTO E EMOTIVIDADE

Você é emotivo, compassivo, prestativo, intuitivo, inspirado e retraído. Seus ideais, sonhos, artes, musica e vontade de ajudar representam sua vida. A maioria de seus fracassos resulta da falta de ambição, objetividade e senso critico.


Capítulo 3 - MENTE E COMUNICAÇÃO

Sua mente está aberta a novas idéias e conceitos sem preconceitos. Sempre que estiver bem disposto, é capaz de perceber a verdade ou os fatos intuitiva ou telepaticamente. Possui habilidade mecânica ou cientifica e gosta de trabalhar em equipe.


Capítulo 4 - SENSIBILIDADE E AFETOS

Sua sensibilidade romântica e idealista só admite o casamento por amôr. Como você hesita em mostrar seus sentimentos com mêdo de ser rejeitado, tende a perder algumas oportunidades. Quando não sente o afeto dos outros, fica logo desapontado.


Capítulo 5 - ATIVIDADE E CONQUISTA

Você é mais motivado pelos assuntos ou coisas transcendentais e que exigem grande dose de imaginação. Você sonha alto, mas tem preguiça demais para realizar seus sonhos. Arte, musica, religião e metafísica são áreas em que pode ter êxito.


Capítulo 6 - SENTIMENTO E ÊXITO

Você é muito sociável e dificilmente evita os encontros sociais. Gosta de dar-se bem com as mais variadas pessoas e não tem um critério muito seletivo a respeito de amizades. Consegue trabalhar bem com grandes grupos de pessoas.


Capítulo 7 - ESFORÇOS E LIMITAÇÕES

Você comunica-se bem nas relações formais. Todavia, tende a relacionar-se com os outros segundo uma imagem excessivamente rígida a respeito do modo como esse relacionamento deve ser e resiste as tentativas de altera-lo.


Capítulo 8 - ORIGINALIDADE E INDEPENDÊNCIA

A liberdade de expressão em qualquer campo é extremamente importante. Adota prontamente os novos conceitos religiosos e tende fortemente para a parapsicologia e metafísica. É compassivo, otimista e liberal, tem senso de humor e gosta de viajar.


Capítulo 9 - IMAGINAÇÃO E PSIQUISMO

Sua natureza psíquica anseia por padrões religiosos e filosóficos mais elevados. Em vista disto, você apoia a revisão das leis em vigor, busca um sentido mais profundo para a vida, interessa-se pelos poderes da mente e gosta de fazer extensas viagens.


Capítulo 10 - TRANSFORMAÇÃO E DESTINO

Você é altamente adaptável, ama a beleza, gosta da vida social e dá grande valor ao relacionamento harmonioso. Tem acentuado senso de justiça e forte instinto social. Contudo, costuma ser inconstante em suas próprias relações sociais.


Os pontos mais relevantes de seu Mapa Astral

- Como é muito sensível às influencias psíquicas, você tem maior interesse pelos assuntos religiosos, místicos e ocultistas. Poristo, você precisa controlar sua forte imaginação, romantismo e tendência para buscar refugio na fantasia e na mentira. Resguarde-se também da influências de pessoas e locais com baixa vibração.


- Você é criterioso e intelectual mas tem uma disposição harmoniosa e calor humano.Gosta de ter família grande, numerosas amizades e de ajudar os outros. Freqüentemente é generoso. Todavia também adora o conforto e o repouso.


- Você é positivo, serio, prudente e conservador.Tem muita sabedoria, capacidade administrativa e com tendência a se isolar. Sua grande forca interior faz com que as pessoas lhe respeitem. Prefere viver de modo simples e sem ostentação.


- Você tem boa capacidade para apreciar a poesia, a fantasia, os sonhos e a religião. É capaz de compreender os outros intuitivamente e consegue comunicar-se bem com qualquer tipo de pessoa. É capaz de descrever à cores qualquer evento.


- Você tem fortes convicções a respeito de muitos assuntos, porem não força os outros a aceita-las. Você é um bom pesquisador, persistindo na busca até obter respostas, alem de ter adequada percepção das motivações alheias.


- É-lhe muito importante fazer algo de valor imaginativo e ideal. Tende a ter êxito em áreas que lhe obrigam a usar fortemente sua imaginação e seus ideais. Sua saúde pode se tornar delicada em função de excessos, portanto, a vida regrada pode ajudá-lo muito neste particular.


- Você é serio, responsável, conservador e prático. Seus esforços costumam dar frutos a longo prazo. Prefere planejar suas atividades do que depender da improvisação e terá maior êxito nas ocupações que exigem método, sistema e organização.


- Você está muito ligado a finalidade espiritual e ao destino do homem. Nos fundamentos e ensinamentos das religiões, é capaz de encontrar um novo sentido nas tradições. Também prefere a liberdade de expressão e a sociedade democrática e aberta.

24 de fev de 2006

Eu conto as horas pra poder te ver...

Fico Assim Sem Você
Adriana Calcanhotto
Composição: Cacá Moraes / Abdullah


Avião sem asa
Fogueira sem brasa
Sou eu assim sem você
Futebol sem bola
Piu-piu sem Frajola
Sou eu assim sem você

Porque que é que tem que ser assim?
Se o meu desejo não tem fim
Eu te quero a todo instante
Nem mil auto-falantes
Vão poder falar por mim

Amor sem beijinho
Buchecha sem Claudinho
Sou eu assim sem você
Circo sem palhaço
Namoro sem amasso
Sou eu assim sem você

Tô louca pra te ver chegar
Tô louca pra te ter nas mãos
Deitar no teu abraço
Retomar o pedaço
Que falta no meu coração

Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo
Por quê? Por quê?

Neném sem chupeta
Romeu sem Julieta
Sou eu assim sem você
Carro sem estrada
Queijo sem goiabada
Sou eu assim sem você

Porque que é que tem que ser assim?
Se o meu desejo não tem fim
Eu te quero a todo instante
Nem mil auto-falantes
Vão poder falar por mim

Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo (2x)

Emílio...

Peixes (19/02 a 19/03) por Amanda Costa
Sexta, 24 de Fevereiro de 2006

Você pensa tantas coisas... Já pensou no que vai se dar de presente de aniversário? Sim, a lista deve ser grande, uma tarde no shopping não daria conta. E aquela resolução importante que você tomou e que não sai da sua cabeça, não seria uma boa ocasião para tirá-la daí e colocá-la em prática? Dar o primeiro passo já vai fazer você se sentir superbem.


Tudo bem... o horóscopo não é a salvação...
Mas realmente, uma tarde no shopping não deu conta...
É... a solução que havia tomado durante a semana, já pus em prática, e me fez sentir-me muito, muito bem...

Infelizmente, Emílio teve de voltar pra casa mais cedo...

Mas sei que vou revê-lo.
Sim. Eu vou.

Voltei pra casa com inveja dos casais que saíam pra passear neste fim de sexta-feira, já com um pé no feriadão...
Vou trabalhar amanhã.

Dia 6 começo o meu curso técnico em Museologia (museus!).
Me desejaram muita boa sorte... vou retribuir a todos.

Vou dormir em nuvens fofas esta noite.

21 de fev de 2006

Trabalhando!!!

Sabe que nunca tive tanto prazer em trabalhar???
Já estava sentindo falta de alguém me pedindo pra fazer milhões de coisas ao mesmo tempo...
Tou feliz mesmo.

Somewhere Only We Know
Keane


I walked across an empty land
I knew the pathway like the back of my hand
I felt the earth beneath my feet
Sat by the river and it make me complete

Oh! Simple thing where have you gone
I'm getting old and I need something to rely on
So tell me when you're gonna let me in
I'm getting tired and I need somewhere to begin

I came across a fallen tree
I felt the branches of it looking at me
Is this the place, we use to love
Is this the place that I've been dreaming of

Oh! Simple thing where have you gone
I'm getting old and I need something to rely on
So tell me when you're gonna let me in
I'm getting tired and I need somewhere to begin

So If you have a minute why don't we go
Talk about it somewhere only we know?
This could be the end of everything
So why don't we go
Somewhere only we know?

Oh! Simple thing where have you gone
I'm getting old and I need something to rely on
So tell me when you gona let me in
I'm getting tired and I need somewhere to begin

So If you have a minute why don't we go
Talk about it somewhere only we know?
This could be the end of everything
So why don't we go
So why don't we go

This could be the end of everything
So why don't we go
Somewhere only we know?


Ainda penso em você.

U2 em São Paulo...

... e eu não fui neste show???
E mesmo assim estou feliz.

Agora trabalho na Pintar! e além do mais, passei a semana inteira pensando no Emílio.
:)

Original of the Species
U2

Baby slow down
The end is not as fun as the start
Please stay a child somewhere in your heart

I’ll give you everything you want
Except the thing that you want
You are the first one of your kind

And you feel like no-one before
You steal right under my door
And I kneel ‘cos I want you some more
I want the lot of what you got
And I want nothing that you’re not

Everywhere you go you shout it
You don’t have to be shy about it

Some things you shouldn’t get too good at
Like smiling, crying and celebrity
Some people got way too much confidence baby

I’ll give you everything you want
Except the thing that you want
You are the first one of your kind

And you feel like no-one before
You steal right under my door
I kneel ‘cos I want you some more
I want the lot of what you got
And I want nothing that you’re not

Everywhere you go you shout it
You don’t have to be shy about it, no
And you’ll never be alone
Come on now show your soul
You’ve been keeping your love under control

Everywhere you go you shout it
You don’t have to be shy about it
Everywhere you go you shout it
Oh my my

And you feel like no-one before
You steal right under my door
I kneel ‘cos I want you some more
I want you some more, I want you some more…


Hoje me sinto feliz.
Muito feliz.
:)

21 de jan de 2006

Mais um dia...

Suas emoções e sentimentos precisam encontrar escoadouro, canal de tradução para o mundo entender a profundidade do que você sente. Um pouco de disciplina e atenção irão ajuda-lo a fazer isso, para o bem de muitos, e a alegria geral de seu coração. Difícil é não ter o que dizer. Você tem. E muito.

O horóscopo nunca mente, mas também, não é sempre que acerta, né???

Lendo:
as 100 melhores histórias da mitologia - A. S. Franchini e Carmen Seganfredo.

Ouvindo:
Músicas deprê...


Apesar de o estágio no Parque Estadual da Cantareira estar terminando agora em março e eu trabalhar apenas aos sábados, ando com ótimas e péssimas impressões...
Das ruins, fica a coordenadora que me ignora, a falta de recursos para trabalhar, a falta de salário, vale-transporte, almoço, a falta de incentivo e a falta de orientação...
Das boas, o Seu Toninho, que é 10!, a galera do fim-de-semana, tanto visitantes quanto trabalhadores, que são super bacanas, a minha loucura em saber tudo o que acontece mesmo não estando lá, a vontade louca de trabalhar mesmo sem receber nada, o ar puro, a brisa na cara, o calor infernal, o frio de matar, os bichinhos muito fofos, muuuuuitas fotos, muitas caminhadas...
Enfim, não há como negar de que adoro aquele lugar.
Faça sol ou faça chuva...

A tristeza na minha vida é como o ar que respiro.
Sempre presente, mesmo sem a gente perceber que está respirando e sem vê-la em momento algum. Simplesmente se sente.
Ainda não sei se vou superar esta minha dificuldade, mas acredito que se não superar, vou conviver com ela... Bem naquelas de, se não pode ser contra, junte-se a ela...

Ouvi estes dias a música Siting, waiting, wishing do Jack Johnson e lembrei dos bons momentos do curso de Turismo e do ótimo amigo Cezinha...
Ter alguém com quem conversar é sempre bom...
Ter um amigo, melhor ainda...

Sinto saudades dos bons momentos...

Estou com uma sensação de vazio... Aquela vontade imensa de encontrar alguém, dar um abraço loooooooongo e ficar o dia todo falando bobagens.

Fazer o quê?
Sou um tosco ser sensível...

5 de jan de 2006

Ano Novo, Vida... a mesma...

Pois é, galera.
Passei no vestibular, mas não vou para a faculdade não.
Pra variar, o motivo é sempre o mesmo: não tenho grana pra pagar a faculdade.

Paciência.

Fiquei relembrando neste último mês, os bons momentos do "fuma, bebe, só pensa em trabalhar"... Era bom este tempo. Mas acabou.
Assim como outra etapa da minha vida acabou.
Mais nada de shows, entrevistas, noites de baladas junto a uma galera famosa de roqueiros, bandas, roadies, produtores...
Sinto um vazio enorme.

Não tenho emprego.
Não tenho ânimo.
Não tenho vontade de viver.

Paciência.

Passei no concurso para trabalhar no Metrô de SP, mas onde está o resultado do último exame??? Até agora não publicaram... faz meses...

Paciência.

Encontrar com os antigos amigos da Federal me fez muito bem.
Poder rever estas pessoinhas que moram no meu coração e ver que estão aí, trabalhando, batalhando, sobrevivendo e sendo felizes na vida me enche de orgulho.
E me faz ver que não saí do mesmo lugar.
Pareço estar rodando em círculos, onde nunca encontro uma saída para seguir adiante, encontrar soluções, viver.
Minha vida parece ser falsa diante dos meus olhos.
Não sou feliz sendo o que sou, e o que quero ser, está muito distante e impossível de se alcançar.

Me sinto frustrada e pior.
Me afundo na minha depressão que minha mãe se recusa a buscar tratamento...
Meus dias são de completa tristeza.

Sim, eu sei que tenho uma luzinha nestes meus dias de escuridão.
O Juliano me dá forças, consegue abrir um sorriso neste meu rosto.
Mas tem vezes que minha tristeza é mais forte.
E só quero ficar só, no meu canto.

Não tenho lido nenhum livro nos últimos dias...
Outra paixão que acabei por abandonar...

Mal fui ao cinema.
Uma pena.

Às vezes olho para cima e ainda tento me animar.
Pensar que tudo vai mudar.
Que vai melhorar.
Mas aí páro para pensar, como vou melhorar?
E recaio na tristeza novamente, por saber que não tenho saídas...

Acordo todos os dias na ilusão de achar a grande resposta.
Mas ainda não a encontrei.
Porque não sei o que quero da vida, muito menos sei se quero viver.